Minutas

Ver todas ...

Modelo para Articular - Direito Civil e Processo Civil

Será que poderíamos desenvolver uma “teoria geral do articulado”?

Esta é uma reflexão que há uns anos serviu de base a um projecto de formação interactiva apelidado “Simulador de Articulados” que foi por mim desenhado e realizado em sucessivas edições e com diferentes tutores no Centro de Formação Online da Ordem dos Advogados.

O objectivo do projecto formativo era colocar aos formandos casos práticos “reais” e propor-lhes a criação das peças processuais adequadas aos assuntos dos clientes virtuais apresentados e, num momento posterior, reagir – com adequada peça processual – ao peticionado.

Na base deste projecto está uma ideia firmada de que a criação de articulados pode e deve obedecer a regras e, mais do que isso, pode e deve ter por base um mapa mental, um esquema, um modelo.

Neste sentido partilho um primeiro esboço do que designei “Modelo Para Articular”.

Modelo para articular

Este modelo corresponde a um esquema de questões transversais à maioria das peças processuais criadas por Advogados no âmbito de processos judiciais.

Para uma melhor compreensão e alcance da utilidade deste modelo, imaginemos que estamos perante um cliente que nos apresenta uma situação e queremos recolher o máximo de informação de forma imediata ou não esquecer de solicitar logo certos elementos ou estabelecer logo uma série de metas ou questões que devem ser analisadas.

Este modelo tem para mim especial utilidade e por isso compartilho para que possam, de igual modo, retirar resultados na vossa prática forense.

Sendo um modelo em criação e reflexão contínua, estarei receptivo e ficarei honrado com os contributos, críticas e sugestões que entendam conveniente.